segunda-feira, 21 de julho de 2008

Tabaco - O perigo para a saúde da pele

- O cigarro é isoladamente uma das grandes causas de morte em países desenvolvidos e significativa preocupação de saúde pública. Já é conhecida a forte associação com doenças cardiovasculares, pulmonares e cancerosas, mas o fumo também causa uma série de manifestações cutâneas.

- O fumo e o sol são factores extrínsecos que aceleram o envelhecimento da pele. Estudos avaliam os efeitos do fumo no envelhecimento da pele, onde os efeitos cumulativos da exposição solar são baixos. Em média, os fumadores aparentavam ter 2.1 anos a mais que suas idades reais, enquanto os não-fumantes aparentavam uma média de 0.7 anos a menos.

- Estudos enumeram os efeitos nocivos do tabaco à pele, frequentemente ignorados:

. Alterações sanguíneas: Mudanças na característica do sangue, aumentando a vasoconstrição e danos à camada epitelial dos vasos, promovendo danos à cura de ferimentos, doenças arteriais periféricas obstrutivas, etc.
. Reações inflamatórias: Efeitos imunológicos que induzem a reações inflamatórias importantes: psoríase, dermatite atópica, acne, lúpus eritematoso, etc.
. Imunossupressão: A imunidade da pele causada pela nicotina pode contribuir para a patogênese da infecção por HPV, melanoma maligno e tumores epiteliais em mucosas.

- Os resultados sugerem que o fumo é fortemente associado a numerosas condições dermatológicas, incluindo:

. A deficiente cura de ferimentos
. Rugas e envelhecimento prematuro
. Carcinoma celular escamoso
. Psoríase
. Hidroadenite supurativa
. Perda de cabelo
. Cancro de boca e outras condições orais


Fonte:
http://bijumanias.wordpress.com/2008/05/03/tabaco-perigo-para-a-saude/

2 comentários:

Ana Madureira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Descrição: disse...

Primeiramente obrigada pela visita em meu blog, mas não posso deixar de elogiar seu site, muito boa sua explicação sobre a doença, tenho colegas que convivem com ela, parabéns!