quarta-feira, 18 de março de 2009

Fármaco para cancro eficaz em doentes com Lúpus

Um estudo inglês sugere que um fármaco indicado para tratar o cancro - o Rituxan (Rituximab) - pode tornar-se no primeiro medicamento aprovado em 50 anos para o tratamento da nefrite do lúpus.

A investigação realizada ao longo de 22 meses por cientistas do Colégio Imperial de Londres envolveu 20 pessoas portadoras deste problema renal causado pelo lúpus eritematoso sistémico, revela a Reuters UK.

Segundo a equipa de investigadores ingleses, os resultados permitiram concluir que o Rituxan (Rituximab) tem como alvo de acção as células B hiperactivas que contribuem para a inflamação dos rins em pessoas diagnosticadas com lúpus. “Após o tratamento com Rituxan, 60% dos doentes demonstraram fortes sinais de melhoria”, afirmaram.

Caso os resultados deste estudo sejam comprovados em ensaios clínicos mais alargados, o fármaco pode ser aprovado para o tratamento desta doença auto-imune e tornar-se, assim, na primeira cura farmacológica.

De referir que, o medicamento não surtiu qualquer efeito em doentes com ascendentes africanos ou naqueles que apresentavam baixos níveis de albumina no sangue.

3 comentários:

Gata Verde disse...

Desconhecia.
Mais um ensinamento...

Um grande beijinho

paula ferreira disse...

Ola
Informação:
Associação doentes com lupus vai realizar assembleia no dia 26 Março as 15.H para eleição de novos corpos directivos, entre outros assuntos.

Penso que ja deve saber mas nunca é demais lembrar.
bjs

Tony Madureira disse...

Olá Paula,

A claudia já recebeu a convocatória.

Obrigado


Beijinhos