quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A QUEM DEVE RECORRER?

O Lúpus exige a colaboração de uma equipe multidisciplinar. Deve haver uma estreita ligação entre o Médico de Medicina Geral e Familiar e os Especialistas neste tipo de doença, sendo frequente haver necessidade da intervenção de outras Especialidades, assim como a de outros Técnicos como sejam Enfermeiros, Psicólogos, Fisioterapeutas, Assistentes Sociais e outros.

Os Especialistas com mais experiência neste tipo de doenças são os de Medicina Interna e de Reumatologia.

Os Especialistas de Medicina Interna são os médicos do adulto que abordam e tratam os doentes como um todo, recorrendo aos especialistas de determinados orgãos, para a execução de técnicas ou para apoio no tratamento de doenças mais raras desses orgãos ou sistemas. Essa capacidade torna-os particularmente vocacionados para este tipo de patologias que têm um carácter sistémico, ou seja, podem atingir vários orgãos sucessivamente ou ao mesmo tempo.

Em grande parte dos hospitais, os internistas criaram consultas especializadas para atenderem este tipo de doentes, chamadas Consultas de Doenças Auto-imunes ou de Imunologia Clínica.

Em alguns hospitais estas consultas ainda não estão oficializadas, mas existem consultas de Medicina Interna com médicos vocacionados para estas patologias.

3 comentários:

Raffs disse...

é sempre bom lembrar, né?!
muita saúde para nós todos!

abraços.

Beatriz disse...

Como fazendo parte da Associação de Doentes com Lupus, lamento que neste blog não mencionem os contactos da associação.
As criticas são sempre bem vindas logo que sejam construtivas, quero recordar que a associação é um conjunto de doentes ou não doentes que podem fazer muita coisa. Não é só as pessoas que estão directamente a trabalhar na mesma.

Lídia Cachetas disse...

Tenho que lhe dizer Dona Beatriz que perdeu uma grande oportunidade para ficar calada!!!
Não há obrigação nenhuma de mencionar associação alguma, pois se tem interesse nisso, porque não fez voce um blogue? ou então, em vez de chegar aqui e atirar pedras, porque não conversou com o autor do blogue?