segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Terapêutica não Farmacológica #2

A dieta pode ser um factor determinante sobretudo quando existe atingimento do rim. Nessas situações é importante diminuir o conteúdo de proteínas ( presentes na carne, peixe, clara de ovo, leite e derivados) e de sal (sobretudo quando existe pressão arterial elevada e/ou retenção de líquidos).

Os doentes tratados por longos períodos com corticóides também devem ter uma atenção especial em relação ao cálcio e à vitamina D, isto é, devem privilegiar alimentos com leite ou derivados. O resto dos doentes com Lúpus devem seguir as normas dietéticas que existem para a população em geral, nomeadamente uma dieta variada, equilibrada e saudável com abundantes vegetais , poucas gorduras…

9 comentários:

Maria disse...

Cada pessoa tem um metabolismo diferente,o pior disto tudo é que até hoje ainda não entendi os diétistas, cada um, uma sentença, diferente e nós doentes andamos a maior parte do tempo ás aranhas!

Só desejo que não façam passar a Cláudia por muitas dietas diferentes e que ela não goste. Sorte ai por cima querida Cláudia
beij. com carinho.

M.M.G.

Isa disse...

Coragem,Cláudia!Vais minorar todo esse processo,Amiga.Fazes parte do meu clâ!
Beijo.
isa.

Borboleta A disse...

Acima de tudo é preciso acreditar que tudo vai melhorar, juntando à dieta amor e tranquilidade...
Um grande abraço
Borboleta_A

Claudia Madureira disse...

Olá a todas,

Obrigada pela vossa solidariedade.

Fazer dieta, ou evitar que se coma o que não se deve, é uma questão de hábito e naturalmente ter força de vontade para o conseguir fazer.

Não custa nada.Temos de ter consciência daquilo que faz mal e do que faz bem.

Desde o inicio que me mentalizei que tinha de comer tudo praticamente sem sal e sem açucar, e deixar de comer outras coisas como o café, chocolate, bolos, gorduras, etc.

É como digo é uma questão de hábito.

Obrigada pela vossa visita, voltem sempre.

Beijinhos

Isa disse...

E ela estará convosco.Ela,essa força!
Beijoo.
isa.

Maria Eugenia Ponte disse...

Só passei para deixar um beijinho à Claudia e ao Toni.
Desejo que tudo corra pelo melhor!

Êidina Queiroz disse...

Claudia e Tom, meus queridos amigos, passei apenas para dizer que estou mais ou menos bem, ando meio cansada, mas vou melhorar, se Deus quiser. Fiquem com Deus. Beijinhos.

Maria disse...

Psseio aqui para vos deixar muitos beijinhos com muito carinho,desejos que aproveitem um fim semana que está a chegar para namorar um bom bocado,e força Cláudia, as coisas têm que começar a melhorar.
Beijocas gordas...M.M.G.

cristinapaulavaz disse...

olá!
uma das primeiras coisas que me aconteceu quando me apareceu Lupus foi insuficiência renal. à sete anos que tenho e agora estou a um passo de ser transplantada, é a minha mãe que me vai dar um rim, já fizemos todos os exames necessários e está tudo bem só falta mesmo uma data.
É muito complicado, tenho tentado informar m de tudo o que possa vir a acontecer mas a minha curiosidade nunca fica satisfeita.
como é contigo?