terça-feira, 21 de abril de 2009

Lúpus Eritematoso Sistémico #6

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é baseado numa clínica ou atingimento de órgão típico associado à presença de auto-anticorpos, nomedamente antinucleares (ANAs) e anti-DsDNA, entre outros. É de salientar que estes não devem ser pedidos fora de contexto clínico típico, pois podem ser positivos em pessoas saudáveis, que nunca vão ter a doença.

2 comentários:

Vera Carvalho disse...

Consta nos nosso links ! em Blogs Vários . Este blog penso que já será uma referencia .

eijinho

Tony Madureira disse...

Olá Vera,

Obrigado pelas palavras!
Muito obrigado pela colaboração e disponibilidade!!

Beijinho