sábado, 26 de março de 2011

Susana Mourao faz o seu relato

Susana faz o seu relato, tem 30 anos, e vive no Porto.

Difícil escrever sobre o que difícil
Mas muito facilitado, quando se vive o impossível de forma tão intensa e surpreendentemente feliz.
Feliz sou, porque posso. Porque posso tudo sem medo. Decidi viver.
O Lúpus foi o meu mestre e respeito-o como tal.
Aos 22 anos tive uma grande luta, descobrir o que é que eu tinha, dia para dia sentia-me diferente, as forças falhavam, o meu corpo não respondia aos meus cuidados.
Procurei saber, percebi que tinha iniciado a luta da descoberta, quase um ano de desespero, a explicar a todos os que me rodeavam que eu estava muito mal, por vezes tinha a sensação que ninguém me compreendia, dei entrada vezes sem fim nas urgências do Hospital, para nada.
Tive diagnósticos assustadores, todos falsos. O tempo da descoberta estava a terminar, assim como a minha vida.
Num dos dias de desespero da descoberta, alguém muito especial, disse-me que eu tinha Lúpus.
A primeira pergunta que me ocorreu fazer, após o alívio de perceber que eu afinal tinha alguma coisa, foi a seguinte:
Posso ter filhos?
E num suave sorriso me responderam com carinho, sim podes.
A partir daí tudo seria possível, apenas teria de me reencontrar, saber como iniciar uma vida com um aliado tão forte.
Os dias no Hospital foram uma aprendizagem, foi um parar obrigatório. Durante o dia, lutava, tentava ser feliz, nas noites chorava, revoltava-me, tinha MEDO, muito medo.
Rapidamente percebi, era a hora da mudança.
Teria de ser mais exigente, de apreciar os pormenores, viver com objectivos curtos mas assertivos.
O primeiro passo foi perceber que a minha vida estava rodeada de pessoas que me amam, que me valorizam que acreditam em mim,
Não os podia desiludir, lutei para que Aquelas pessoas obtivessem o orgulho esperado.
E por mim claro, que a partir daquele momento só podia querer ser feliz. Fui, sou e quero ser.
Terminei o meu curso de direito, mesmo com a indicação contrária dos médicos, que me diziam “Susana, ou trabalhas ou estudas….e estudar não deve ser a melhor opção……”.
Passei pela experiência de trabalhar numa cidade a 300 km da minha faculdade, da minha casa, dos meus amigos e tudo correu bem.
Nem sempre se aceita, as dores, as mudanças do corpo, ser consumidora habitual do tão chato corticoide…………….
O meu corpo começou a mudar, engordei muito……….., o cabelo ficou fraco, a minha cara não era a mesma, às vezes olhar para o espelho e perceber que o Lúpus ali estava era assustador.
E claro, a revolta surge, mas ela surge porque tem de surgir é necessário sentir, não podemos ignorar o que nos incomoda, daí retiramos a vontade de mudar de eliminar o que nos aborrece, reinventar, reciclar. E não é que conseguimos!
Lutando é certo, mas lutando com paixão, a paixão pela vida.
Hoje, sou uma mulher feliz à procura de algo mais. Á tua procura. A vida. Pois só a ela me entrego.
Faço o que gosto na minha vida, exerço com muita paixão a minha profissão, a advocacia. Acredito que posso lutar por causas, tais como, ajudar quem a vida lhes ofereceu um adversário, a doença, e não têm a oportunidade de aprender a viver, ora com falta de amor, ora porque esta sociedade organizada e vestida não facilita, apenas complica.
Faço tudo na minha vida que me enriqueça, que me deixe feliz, e o que não faço é porque ainda terei de fazer

O importante é não desistir!

Sou eu a Susana com 30 anos e muito feliz!

Carpe diem

15 comentários:

mira disse...

SUSANA MOURÃO ês uma força da natureza,não há-de ser doença nenhuma que vai derrubar a tua força!ês um exemplo...mesmo que nem me lembre disso,lá vou eu "beber" um bocadinho da tua força!!!ês linda,ês forte, ês mulher,ês amiga...
para sempre minha AMIGA:)

Tony Madureira disse...

De facto a Susana é uma guerreira.
Efectivamente é uma grande mulher. É de mulheres como esta que o mundo precisa!

DIREITO disse...

É essa tua força que nos faz encarar tudo de uma forma tão diferente... és o meu GRANDE ORGULHO, o exemplo diário que tenho para ter uma vida tão feliz, sobretudo porque sou tua irmã e porque te amo MUITOOOOOOOOOOOO

Ju disse...

Oi Susana...
Que exemplo, assim como o Tony disse, é de pessoas assim que o mundo precisa...
Mulheres fortes, guerreiras, dispostas a lutar, e que aprendeu com as lutas enxergar a vida com outros olhos...
Força menina...Tens minha admiração
Beijinhos ...da menina do blog.
http://juvianablog.blogspot.com/

Ju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio Moreira disse...

susana os meus parabens por ter supeado e ganho essa "batalha" . sempre c muita garra. sao estas situações q n fazem crescer. e por "mais fintas q a vida tenha, nos podemos cair , mas levantamo-nos sempre mais fortes":)

Joana Gama disse...

É realmente fabuloso ver a força de um ser humano tão especial. És uma pessoa maravilhosa e a vida ainda te vai dar muitas coisas maravilhosas. Gosto muito de ti.

Kel disse...

" Há momentos em que as atribulações surgem nas nossas vidas, e não podemos evitá-las. Mas surgiram por algum motivo. Só quando as ultrupassamos, entendemos porque estavam ali." Paulo Coelho
Penso que este pequeno texto resume bem todo o processo que passaste.
Primeiro veio a dor e a revolta e depois com a vitória toda a força e motivação.
É bem verdade que és uma força vida e tenho que agradecer por privar contigo e ser testemunha dessa tua força!
Obrigada por seres minha amiga, és linda beijocas grandes da Kelinha;)

Cláudia disse...

Amiga, além toda a amizade, carinho, amor que sinto por ti, tenho uma enorme admiração pela pessoa que és.
Essa adversidade tornou-te uma pessoa ainda mais forte, mais lutadora, mais.... mais maravilhosa.
És um exemplo de vida a ser seguido.
Em momentos mais difíceis é em ti que "inspiro" para buscar forças.
Bjinho

DIREITO disse...

obrigados! beijinhos para todos.

Ana Carolina - Brasil disse...

Também penso assim Susana...desistir jamais!! Nós temos lupus....mas ele não nos tem!!
Também fiz direito e no início do curso...um médico disse que eu teria 5 anos de vida..quase desisti do curso ...de tudo...mas não desisti e aqui estou...há 11 anos com a doença. Forte e muito feliz. Saúde pra você. Abraço Ana.

Tony Madureira disse...

Olá Ana,
Está tudo bem?
Obrigado pela visista e pelo comentário.
Não queres fazer o teu relato?

Bjs

DIREITO disse...

obrigada pela força. A Ana com toda a certeza é uma mulher especial. beijinho grande

Liliana Mourão disse...

Por esse e por outros motivos és o GRANDE ORGULHO das pessoas q te são próximas e todos os dias ao olhar para ti, transmites toda a energia e toda a força para os meus menos bons.... És uma grande força da natureza, que me orgulho todos os dias por ter uma irmã como tu !!!!

jeronimo disse...

...Como me disse um dia alguém muito querido:"
..."isto" não é para todos,é para quem é forte e acredita que foi escolhido para ajudar e ser um exemplo de força e coragem e nunca desistir de viver"... Susana, parabéns pela tua coragem e partilha pelos teus grandes momentos. Grandes, porque efectivamente são estes momentos que fazem diferentes um ser humano tão lindo quanto tu.
Um beijinho e com toda a certeza do Mundo,és precisa nas nossas vidas.