segunda-feira, 4 de Julho de 2011

NOTÍCIAS SOBRE CABELO

Doenças auto-imunes relacionadas com a queda de cabelo

Quando a maioria das pessoas pensa em perda de cabelo, Alopecia Areata é geralmente a primeira coisa que vem à sua mente. Esta é uma doença auto-imune e pode afectar qualquer pessoa. Tornou-se conhecida por fazer com que a princesa Carolina do Mónaco perdesse temporariamente o cabelo. Há alguma controvérsia sobre o que realmente provoca a Alopecia Areata. A maioria concorda que é auto-imune na natureza mas alguns acreditam que é agravado pelo stress, alergias ou vírus. O Lupus é talvez a segunda doença auto-imune conhecida por causar problemas de cabelo. Muitas vezes, pessoas com essa doença sofrem uma erupção que pode afetar o couro cabeludo e causar cicatrizes que pode levar à perda de cabelo temporária ou permanente. Na verdade, quase qualquer desordem que tem um componente auto-imune podem afetar o cabelo ou causar desbaste, derramamento ou perda. Isso inclui coisas como a artrite reumatóide, a cistite intestinal e fibromialgia, (embora nem todos concordam que estes dois se enquadram nesta categoria) síndrome, doença celíaca, e de Guillain-Barré, para citar apenas alguns. É importante ter uma dieta equilibrada, com os nutrientes essenciais para o cabelo, como o zinco e vitamina B. Encontrar formas naturais para voltar a ter um couro cabeludo saudável, pode ajudar a reduzir a inflamação, estimulando o crescimento do cabelo mais forte.

Fonte:
http://www.viviscal.pt/newsdetails/105/sa%C3%BAde-dos-cabelos/doen%C3%A7as-auto-imunes-relacionadas-com-a-queda-de-cabelo

2 comentários:

Mª Del Carmen Moledo disse...

Há já uns anos, uma aluna minha de 14 anos, começou a ter perda de cabelo...
Ao principio os mesmos médicos não deram importância... Mas a queda de cabelo continuou até fazer-se notar bastante aos olhos de todos... ...
Então os médicos, depois de diferentes análises e provas, como não acharam nada, deram em dizer que era pelo estress dos estudos.. Mas esta rapariga era a aluna mais tranqüila que eu nunca tive...
Total, que como a queda de cabelo era tão importante começaram com uma serie de champôs especiais, tônicos, suplementos alimentícios e mesmo loções capilares com corticóides...
Mas nada disso foi efectivo e a rapaza chegou a ficar sem cabelo nenhum...
Então sim que ela se tornou uma pessoa nervosa,reservada,insegura, tímida e mesmo desconfiada... Pois a doença começou no momento em que todas as raparigas estão muito sensíveis e dão muita importância ao que os demais acham da sua pessoa...
Mas com ajuda psicológica e o feito de não sentir a rejeição dos companheiros, pois com certeza ela era um amor de menina, a Marta, voltou a ser a de sempre...
Mas... O cabelo não voltou...
Mesmo assim, ela soube encarar o seu problema...E ainda agora, que já tem 25 anos, ela é uma pessoa muito otimista, que não se deixa vencer...
Há quem usa peruca para dissimular... Ela, simplesmente, leva a sua cabeça “pintada”, como se tivesse o pelo “rapado”, e sempre que me encontro com ela o primeiro que olho é um sorriso no seu rosto!!!

Tony Madureira disse...

Olá Mary Carmen,

Mais um exemplo de coragem e de determinação…