quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Tratamento contra lupus recebe aprovação nos EUA

WASHINGTON — Um comitê de assessores da agência de controle de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos (FDA) recomendou nesta terça-feira a comercialização do primeiro tratamento contra o lupus em 52 anos, informou uma porta-voz.

Por 13 votos a dois, um painel de especialistas recomendou à FDA autorizar o lançamento do Benlysta, um tratamento experimental para o lupus desenvolvido pelos laboratórios Human Genome Sciences e GlaxoSmithKline, revelou a porta-voz Erica Jefferson.

A FDA segue geralmente as recomendações do comitê.

O lupus é provocado pelo ataque do sistema imunológico contra órgãos do próprio corpo, ocorrendo com mais frequência em mulheres em idade fértil.

Normalmente se manifesta por dor articular intensa, lesões na pele e problemas renais, podendo, inclusive, afetar órgãos como cérebro e coração.

A Lupus Foundation of America saudou a decisão, que qualificou de "histórica".

"Todos trabalhamos há décadas para superar muitos desafios e desenvolver novas terapias para tratar esta enfermidade difícil", disse Sandra Raymond, presidente e diretora da fundação.

Ao menos 1,5 milhão de pessoas nos Estados Unidos sofrem de lupus, e 5% enfrentam uma forma potencialmente letal da doença, que resiste ao tratamento padrão.


Fonte:
http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5ipmjcIlWyHzOdNi2krHMGtTYooeg?docId=CNG.3343236ddce09a2ddb8da87e0a040f0e.91

2 comentários:

Marga disse...

Acho de suma importância quando alguma celebridade assume que tem uma doença, pois a mesma (a doença) sai do ostracismo e pode cair nas graças das pesquisas. È inconcebível, mas até hj tem gente que NUNCA ouviu falar sobre Lupus, uma doença grave,que detona com a vida da gente quando não mata!

Jordana disse...

Demorou para acontecer,né?Uma doença desta gravidade e que não tinha o tratamento aprovado?Tarde,mas chegou.Agora os portadores da doença precisam correr atrás para conseguir o tratamento.Enquanto aqui no Brasil não sei como funciona,mas vou deixar um link que pode ajudar a encontrar médicos especializados.

http://bit.ly/9tF370